A VIDA MENTE
Ferdinando
 
A palavra  vestiu-se colorida
Adornando os dias da ilusão.
Nunca incentivou um coração,
Nem ensinou o teor da vida...
 
Tudo é sentença convertida
Que fala em olhar de solidão
E na tocha apagada da razão
A miséria vive já escondida...
 
Falas de fragrância em cada dia
Pedaços de mentira ou fantasia,
De uma liberdade hipotecada.
 
Cantas nas ruas com o tempo
Caminhas pelas mãos do vento,
Que tanto ouve e não diz nada
 
Germany 10-03-13