ADVERSA HUMANIDADE
©Ferdinando
 
Caminho por entre o vago, sobre muros de Universos!
A vida se torna débil, cansando o tempo magoado...
nosso destino se resume em dois tristes versos:
grito para a vida!  Cenário do tempo caminhado.
 
Vivo frente à avareza na origem que estruma a vida...
tenta estreitar  os tristonhos caminhos da verdade
promessas de nadas, intercaladas em guarida
nascidas na incerteza, onde esmorece a realidade!
 
O vago das ideias fantasiando a paisagem tensa...
que nasce na bruma, da sombra que não pensa,
há - de  murar os sonhos, do sol que desce cálido!
 
Enquanto tudo, respirar horas de palavras inventadas
ficam para trás das sombras, distâncias não chegadas,
Oceano de gritos: -  alento que desfalece pálido!!
 
Germany 04-05-08