ANJO DA TERRA
Ferdinando©
 
Nos sedosos cabelos da paixão
Apareces com o sol em cada dia,
Estendes o levedar da floração
Acordando a noite que dormia.
 
Filha da terra, da luz e da razão
Infinita como o amor que te magia...
No regaço onde os lábios serão
Duas pétalas feitas de alegria!...
 
Eternizo o desenho do teu beijo
E em virtude casta eu te vejo,
Numa trança infinda de saudade.
 
És musa, no coração de um verso
Olhar que se iterniza em Universo,
Numa seiva que floriu realidade !
 
Germany 25-09-09