BELDADE 
Ferdinando©

O teu olhar liberta uma verdade
Ante o tempo vaidoso a voejar
És um pedaço de sol e de luar,
Semeias o amor e a liberdade.

O vento silvando nos penedos
Fala do teu nome a cada hora,
Espreita a voz que te namora,
E te enche louca de segredos

És ave meiga de amor crescente
Numa alma fagueira e presente
Que enleia a febre de um desejo.

A noite te abraça sobre as águas,
Onde choram tristes tantas mágoas
Que vestes de carícia no teu beijo.

 Germany 16-01-12

BRILHANTE