CONTIGO
©Ferdinando
 
Contigo nasce a concórdia das manhãs emudecidas
o sol liberto se desprende em cada rua tristonha
feita de promessas que caminham incompreendidas,
alegóricos gestos de mágoa, como paisagem risonha.
 
Só contigo vivi louras paixões jamais esquecidas
ficadas ainda na frescura em uma pétala medonha,
no orvalho da saudade, em horas de amor vividas
sobre idílios salutares, em silêncio que ainda sonha!.
 
Contigo rasguei medos, e sequei prantos de vida,
ledo edifiquei a realidade pelo mundo prometida
circulo opaco nas noites carregadas de solidão...
 
Contigo, o granito se fez leve no território da alma
como as palavras feitas em posse da noite calma!...
Hoje te oferto meu amor, em jeito de gratidão.
 
Germany 04-11-07

!cid_00c601c8bb52$7100cf50$c500a8c0@wilmaa2f18c64f