MOLDURACHORA

DEIXA-ME CHORAR
Célia Jardim

Não tente secar minhas lágrimas,
eu preciso me esvaziar...
 
Há tanta dor guardada em mim
que já não posso respirar...
 
Não me diga nada
deixe somente eu chorar
chorar e chorar
até me libertar...
 
Não tente me compreender
nem aliviar a minha dor
ela é toda minha...
 
Eu choro porque não há outro jeito
de dar espaço ao meu peito...
 
Não sabe quanto ocupa um coração
guardar tantas lágrimas
e tanta desilusão...
 
Pode ir, deixa-me sozinha
esqueça que me viu chorar
eu só preciso de tempo
mas tudo eu posso suportar...
 
Deixa-me chorar minha dor
eu nada mais te peço
apenas que se vá
sem olhar para trás...
 
Não quero que me recorde assim
neste sofrimento
que parece não ter fim...
 
Vá, pode ir...
 
Um dia meu pranto irá secar
e eu volto a sorrir...
 
Não posso ter o seu amor
mas a sua piedade me dói
muito mais que esta dor...

 

choro