FUNDODELAÇÃO

DELAÇÃO
Ferdinando©

Há medos espalhados pela noite
Arrefecendo a luz do nosso olhar,
Os ventos de nuvens, em açoite
 Entorpeçam o nosso caminhar!...

O choupo se torna alongado
Cortejando o silêncio da ermida,
E o luar se senta ao nosso lado
Num gesto que adoenta a vida.

Na paz, onde há choro calado,
Grita ainda um sonho matizado...
- a vida é o eterno par da morte;

A alma é um livro de memórias,
A crina de um cavalo de vitórias,
Na louca aventura de ser forte!

Germany 19.04.10

BRILHANTE