DEUSAMOLDURA

DEUSA DO TEMPO
©Ferdinando
 
A roda do teu vestido feito em rendas
cobre o teu corpo em exaltada unção
semeiam sonho as caprichosas fendas...
onde teus peitos fomentam a ilusão!
 
A sede que amanhece o rubro do desejo
noites que te abraçam em luar mais casto
gesto de lume que se abre no teu beijo
seara fértil, onde cresce o verde pasto.
 
És fonte pura onde as andorinhas bebem
como sorrisos que tuas mãos escrevem,
semeando a ternura, na voz da liberdade!
 
No amanhã, serás perpetuada de glória
nos séculos que eternizam a tua história
ficará tua raiz, na paisagem da saudade.
 
Germany 09-08-08

 

amor