LIGIAANTUNES

E DE NÓS... - O QUE SERÁ?
LÍGIA

E se tanto viveres
e se eu viver tanto,
chegará o tempo
de o próprio tempo
ser ancoradouro
de lembranças de saudades...

E tu já não serás mais tu...
E eu terei ganho um novo eu
e o tempo... ah!... o tempo já será outro

E as folhas já terão outros matizes
E as flores renovadas
terão ganho cores várias
E os verões, outras conotações
Outonos, invernos, primaveras
sustentados por novas raízes...

E de nós?... do nosso amor?...
- O que será?