SONHO8

EU SOU...
©Ferdinando
 
Um fantasiar perdido na distância das eras
um sol que espreita exausto no horizonte!
A incerteza no granjear a vida em sonhos
onde a languidez do dia, morre mais cedo...
 
O silêncio que vagueia a horas exaustivas...
um mar a ampliar seu universo em vozes
beijando a rocha triste, em gestos convertidos
em infinda avidez de amores queimantes
nas horas verdes, em promessas do amanhã!!
 
Crença de um amor, que aflora a ambição...
venéreo, cantar ditado em poetar tunante
idealizando cada dia mais, o mundo no distante!
Estarei sempre no dobrar da esquina das manhãs
onde a vida faz gastar o tempo, que gera saudades
e eu seja o Ser que almejas, em amor desperto!...
 
Germany 09-10-07

 

um abraço