FILHA DO TEMPO

Ferdinando©

 

Ficou escrito na vida uma saudade

Sonho magro de olhar ainda cansado,

Roubaram-te o alvor da claridade

Ditaram-te um futuro magoado

 

Caminhava contigo uma beldade,

O sonhar no teu peito era dourado

Como Deusa de amor e castidade,

Em olhar que se desenha perdurado

 

Quando a macabra sorte te enganou

Na mentira que a  sombra te legou,

Fechei-te em meu exausto coracćo...

 

No transparecer que o dia te acendeu

Moram beijos que o tempo emudeceu,

Como seara que morre sem dar pćo!...

 

Germany 07-06-09