IDÍLIO NA NOITE
Ferdinando©
 
Roubaste às estrelas o teu olhar,
Na noite que incendiou a vida
Vestis-te o manto alvo do luar
E acordas-te a hora adormecida.
 
Libertaste promessas, cor de mar
Na estrada íngreme e esquecida,
Onde triste, cada peito vai chorar
Numa esperança já emudecida!
 
Só tu abriste a janela do porvir
Dês-te ao mundo horas de sorrir
Fogueando de loucura cada beijo.
 
Existe um Universo no teu peito
Que acende o prazer em cada leito
Seja ninho de amor ou de desejo!...
 
Germany 29-01-10