INESQUECÍVEL
Ferdinando©
 
Nasces-te no longe em Sol radiante
Terna como beijo gerado de prazer,
Adornas o olhar da vida errante
Que vagueia na fraude do viver.
 
Enfeitiças o azul do mar cantante
Num poema que os rochedos irão ler
Aqueces em ternura o leito amante,
Em segredos que não deves esquecer...
 
Pintas o prazer que acende a vida
E animas com força desmedida
O porvir onde sorriem os desejos!.
 
És a brisa em murmúrio incontestado
Um pedaço do mundo em tí gravado
Em carícia nascida dos teus  beijos.
 
Germany 24-06-09