INOLVIDÁVEL
Ferdinando©
 

 No passeio da vida em fogo e esperança,
foste paisagem onde moram os desejos,
como rios de palavras e de beijos
que rumorejam mundos de bonança.

 

Desabrochas-te no Sol do meu encanto
semeando o teu amor em minha vida...
hoje a tristeza chora emudecida
como o vento se lamenta em cada canto!

 

Alentas ainda meu cansaço arrefecido
como o destino controverso do sentido
de um passado, na fuga dos meus medos...

 

Desse tempo feito em loucas madrugadas
ficou um  lamento em mágoas salgadas
onde cala a linguagem dos segredos.

 

Seara de Cultura