JÁ BASTA !
Ferdinando
 
O poeta é a comunhão neste flébil mundo,
construindo sonhos na voz da madrugada!
Faz entender os dias no sentir profundo...
abrindo o portal da luz, nas ruas apagadas!
 
Em cada minuto feito, felicitando cada lar!
Mensageiro das palavras que se fazem ouvir...
esperanças mais ridentes, na janela do luar
que enche a vida, de quem espera o porvir...
 
Carrega mensagens de amor, tal sol desperto
sem dúvidas nem medos, em peito aberto...
- em caminhadas horas, de avançada idade!
 
Existe humanidade em cada seio a versejar...
-cale-se quem procura na hipocrisia tracejar,
esmerilando a congruência sem verdade! -
 
Germany 24-04-08