LIVRO DE SAUDADE
© Ferdinando

Essas páginas de amor e de Saudade
como rosa que um dia colhes-te para mim...
onde esse amor nasceu no banco do jardim
no tempo destes versos ficados sem idade!

Fechei essa gaveta do tempo caminhado,
quedado somente recluso no meu peito
e essa rosa que adornava o nosso leito
foi o germinar de um Universo iluminado.

Deves ler esta vida, que fora também tua,
onde o amor que rutila ainda como a lua...
beijos gravados no mundo dos segredos!

Guarda neste livro, as pétalas dessa rosa
nascida no tempo da paisagem mimosa
que perpetuaram nosso olhar sem medos!...

Germany 17.01.08