LUAR VADIO
Ferdinando©
 
Quando o dia cansado desfalece,
Passeias em cada rua alegremente
Asseias o prazer que tudo esquece,
Em corpos que fervilham loucamente!...
 
Sobre a lua acetinada que emudece
Iluminas a miséria comovente
Nas ruas onde o Sol nada aquece,
Só a gelada mentira se faz quente.
 
Nem a pedra mais fria da saudade,
Conhece o teu nome, e a tua idade
Como escuro do segredo inviolado.
 
Depois te deitas no longe novamente
Acordando o Sol, que dorme no poente,
Pra secar o nevoeiro em cada prado...
 
Germany 17-06-09