OLHAR DA MANHÃ
Ferdinando©
 
Amanhece em ti, o sorrir de cada dia
plantando vida, sobre a acre solidão,
emudeces a noite, e a par da cotovia
falas com a aurora em canto ou oração.
 
Aquece a velha rua, paragem de magia
corpos entregues em amor de ocasião,
devasso horizonte aonde a fantasia,
é escrava do destino ou da razão!
 
Aquece com teu olhar todo o Universo
que no tempo sejas luz em cada verso
na alma da vida, na pena do poeta.
 
Semeias o sonho em seara mansa,
trazes nos olhos o mundo da esperança
pra iluminar a mentira mais secreta.
 
Germany 16-11-08