PRECISO DE TÍ !...
©Ferdinando
 
Esperei  no dia que nasceu mais cedo,
o beijo que faltou no nosso amanhecer
sol despido, na sombra do meu medo...
no teu leito ficou o lençol do anoitecer.
 
Nasceu a distância no sol do teu olhar
grito de pranto, que fere inclemente...
e enquanto a  tua aurora não nascer,
serei  queixume, desenhado no poente....
 
Tenho fome do teu corpo, como pão
cada trago, me afunda mais em solidão...
e me afogo cada dia mais profundo!..
 
Não sejas densa noite ante meus olhos
que as rosas floresçam nos abrolhos,
para que tu e eu, sejamos um só mundo.
 
 
Germany 31-07-08