QUEM ME DERA... 
Ferdinando©
 
Eu pedia ao amor para adornar-te
Quando o dia tristonho se fechar...
As estrelas correriam namorar-te
E a lua, se pendia pra te invejar.
 
Despia meus sonhos pra contar-te,
Os segredos que a vida quis zelar...
O tempo seria pouco para beijar-te,
E as horas eram curtas pra te amar.
 
Hoje te zelo no culto do meu peito
Asilei-te nos braços, do meu leito,
Que fez incendiado o nosso olhar...
 
Atapetemos uma campina de desejos,
E em toda a parte semeemos beijos,
Ante os olhos do tempo a fervilhar!.
 
Germany 23-06-11