RETALHOS DE UM SONHO
Ferdinando©

Acordei o meu passado de ternura
Onde volitam os amores passados
Num aroma de corpos desejados
Levedando as horas de loucura...

Te vesti de amores, terna e pura
Como o verde enfeitando o prado.
Cada noite o teu corpo é guardado,
Na ilha do sol, no seio da lonjura.

Amarrei uma crença à vida calma
A recordação me orvalha a alma
Se o luar traz os nossos beijos...

Esse sonho acendeu uma saudade,
A fogueira não perdeu a intensidade
Aquece o sol na serra dos desejos

Germany 27-11-11

BRILHANTE