SONHO INCENDIADO
Ferdinando©
 
No  teu olhar lascivo eu  me perdi,
Teu corpo nu, moldou o meu desejo...
A ânsia azul escaldava em cada beijo,
E no sulco dos teus seios sucumbi.
 
Bebi o prazer húmido do teu sorriso
Que brotava em tua pele loucamente.
Em delírio te amei perdidamente...
Quando a noite doirou um paraíso...
 
Recordo para sempre esta verdade,
Que o tempo entregara na saudade
A miragem quente do meu peito...
 
Sonho ainda o teu corpo incendiado,
Que moldou nosso tempo caminhado,
E dorme com a noite no meu leito!...
 

Germany 07-08-10