TE DEFRAUDAM POESIA
©Ferdinando
 
Te escondem por detrás do vaidoso pedestal!...
Distância esquecida, da puridade que te dita....
adoentadas palavras, em recalcado madrigal...
disfarce mascarado, como negrume que te agita!
 
Porque te não canta a modéstia dos sentidos,
te sufocam na mudez da verdade em poetar.
Fraude que incendeia, rochedos ressequidos
fantasiando cantos, que o teu peito faz gritar!...
 
Choro contigo a cada hora e, em cada canto
nas palavras esvoaçadas fica  nosso pranto
em tresloucada farsa, como mistério magoado...
 
Te cantarei para sempre, no amanhã distante
voando sobre sonhos, em peito caminhante...
até à verdade, no remoto mais cerrado!
 
Germany 25-05-08