VALEU A ESPERA !
Ferdinando©
 
Esperei que a verdade fosse fruto
Nas manhãs nascidas das estrelas,
A esperança chorava horas de luto
Que cegava os olhos das donzelas.
 
Gemem dias consumidos pela idade
Enrolados no longe de uma espera,
Pelo sol espreita calma a liberdade,
Pra dar vida e colorido à primavera...
 
Tremulando meus lábios ainda falam,
Ao inverso dos outros que se calam
E cortejam o letargo da indiferença...
 
Ficarei só, no palco da esperança
Recolhendo pedaços de lembrança,
Amarrados ao fogo de uma crença !
 
Germany 29-01-11